Capa
A Revista
Como Ler
Arquivo
Exclusivo Online
Assine
Contato
ASSINANTE
Esqueceu A Senha?
Peça Sua Senha!
SERVIÇOS
Classificados
Livros
Links
Eventos
 
LIVROS
 
ASSINANTE
Usuário:
Senha:
BUSCA
Plantio Direto HomePG
Adicionar aos Favoritos
Aconteceu


11o. Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha

A Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha realizou de 2 a 4 de julho, em Londrina (PR) o 11o. Encontro Nacional de Plantio Direto. O evento reuniu mais de 500 participantes, agricultores e técnicos que representaram vários estados brasileiros e também alguns países do Mercosul.

Mais de 500 participantes no 11o Encontro Nacional, em Londrina (PR) no mês de julho.

Segundo a comissão organizadora, o evento se caracterizou pelo elevado conteúdo técnico, obtendo resultados positivos na contribuição para o desenvolvimento da agricultura nacional.

Na programação temas como sustentabilidade ambiental e o SPDP; integração lavoura-pecuária; competitividade e sustentabilidade – o desafio do agricultor do século XXI, manejo de culturas em SPDP; biotecnologia e o plantio direto; gestão do agronegócio; plantio direto - problemas e soluções na visão do produtor e o agronegócio brasileiro no contexto mundial.

Algumas palestras foram destaque pela novidade e quebra de tabus quanto à adoção do Sistema Plantio Direto além da tradicional produção de grãos, como no plantio direto de cana de açúcar, plantio direto de hortaliças e o manejo do café em SPDP.

Tema importante no contexto do plantio direto o manejo do solo contou com seis palestras que abordaram a vida no solo no SPDP - macro, meso e microfauna, suas funções e importância; a dinâmica da matéria orgânica e fertilidade química do solo; a dinâmica da matéria orgânica e estabilidade estrutural do solo, a correção da acidez do solo no SPDP, a questão da compactação no SPDP: causas, níveis críticos e soluções e o manejo da enxurrada e eficiência no uso da água no Sistema.

Tendo sido motivo de polêmica em um passado recente a importância da biotecnologia foi debatida durante o 11o. Encontro. "Pela discussão gerada, vimos que esta polêmica esta sendo arrefecida, dando vez a uma consciência de que a tecnologia está a favor do desenvolvimento e que se utilizada com critério, não cabe mais a defesa de uma ideologia sem fundamentação científica mais aprofundada", salientou Bady Cury, membro da Comissão Organizadora.

A qualidade do Sistema Plantio Direto foi apresentada pelo pesquisador do IAC, Afonso Peche que enfatizou a postura dos mercados importadores de alimentos que priorizam fornecedores que tenham garantias de adoção de boas práticas agrícolas através da certificação da produção. Segundo Peche a certificação é fundamental para aumentar a compreensão e visibilidade das potencialidades do SPDP.

Gessi Ceccon, da Embrapa Agropecuária Oeste, tratou do desafio de produzir palha na condição tropical. Segundo ele, as forrageiras perenes, como as braquiárias, são alternativas viáveis para produção de palha para o plantio direto do cerrado brasileiro.

O painel Sistema Plantio Direto na Palha: problemas e soluções na visão do produtor contou com a participação dos produtores Ingbert Döwich, de Luiz Eduardo Magalhões (BA), João Rodrigo Schmitt, de Palmeira das Missões (RS) e Fernando Sichier, de Santo Inácio (PR). Döwich considera que o SPDP está sendo adaptado as características de cada região e projeta que os agricultores terão que adotar sistemas de produção sustentáveis com uso de tecnologias limpas para se adequar as exigências do mercado. Para isso, o emprego de rastreabilidade e certificação serão ferramentas fundamentais. Ele também destacou a importância da integração de agricultores, pesquisa e instituições de ensino com o objetivo de garantir a produção de alimentos com o uso de tecnologias limpas, menor gasto de energia e maior renda para o agricultor.

João Rodrigo Schmitt cita a nova fase do SPDP na qual se apresentam problemas cada vez mais dinâmicos e que devem ser solucionados de forma individual. Ele acredita que através do uso de inovações tecnológicas no área de agricultura precisão será possível, em um futuro próximo, projetar cada lavoura de forma a aproveitar ao máximo suas características.

O foco de Fernando Sichieri foi a integração agricultura-pecuária. Durante o 11o Encontro Nacional ele apresentou os resultados do Projeto Arenito do Vale, realizado pela Universidade Estadual de Maringá com o patrocinio da Fundação Agrisus e cujo objetivo foi a produção de forragem entre duas culturas de soja, na forma de pasto para produção de leite, proporcionando sobras para o plantio direto subseqüente. Os dados apresentados mostraram que foi possível produzir 2.000 litros de leite por hectare, exclusivamente a pasto, durante 180 dias de intervalo entre a colheita da soja (março) e a vedação para rebrota (setembro) e obter 6.000 kg/ha de matéria seca para o plantio direto.

O evento ainda contou com palestras sobre plantas para produção de biocombustíveis e rotação de culturas, mecanismos de proteção de preços agropecuários, controle de plantas daninhas, entre outros.

No encerramento foi sorteada entre os participantes uma semeadora Semeato modelo SHM 11/13 – 11 linhas, o ganhador foi Gustavo Vela Alevato, da Cocamar.

Durante o 11o. Encontro aconteceu a Assembléia Geral e eleição da nova diretoria da FEBRAPDP pelo período 2008/2010. Foi eleito como novo presidente Manoel Henrique Pereira, de Ponta Grossa, PR.

Manoel Henrique Pereira comandará a FEBRAPDP pelos próximos dois anos.

 
Nova Diretoria da FEBRAPDP 2008/2010

Manoel H. Pereira - Presidente
Ivan Carlos Bohrz - Vice-Presidente Rio Grande do Sul
Hilário Cassiano - Vice-Presidente Santa Catarina
Sergio Kasutoshi Higashibara - Vice-Presidente Paraná
Alfonso Sleutjes - Vice-Presidente São Paulo
Charles Louis Peeters - Vice-Presidente Goiás
Lúcio Damalia - Presidente Mato Grosso do Sul
Lucas Aernouds - Vice-presidente Minas Gerais
Ingbert Dowitch - Vice-presidente Bahia
Ivo Mello - 1º Secretário
Douglas Taques Fonseca - 2º Secretário
Franke Dijkstra - 1º Tesoureiro
Reinaldo Garmatter Neto - 2º Tesoureiro
Herbert Bartz - Diretor Honorário
Ricardo Ralisch - Conselho Fiscal - E
Francisco Skora Neto - Conselho Fiscal - S
Eurico Faria Dornelles - Conselho Fiscal - E
Mauricio C. Oliveira - Conselho Fiscal -E
Udo Bublitz - Conselho fiscal - E
Leandro P. Wildner - Conselho Fiscal - E
Ariovaldo Ceratti - Conselho Deliberativo
Fernando Penteado - Conselho Deliberativo
Benami Bacaltchuk - Conselho Deliberativo
Beatriz da Silveira Pinheiro - Conselho Deliberativo
Cescage: Genelicio Crusoe Rocha - ConselhoDeliberativo
Monsanto: Mateus M. Barros - Conselho Deliberativo
Dow: Valeska de Laquila - Conselho Deliberativo
Syngenta: Guilherme Landgraf - Conselho Deliberativo

Este artigo está na versão completa.
 
© Revista Plantio Direto / Aldeia Norte Editora

Este site é integralmente editado e atualizado pelo Departamento Editorial da Plantio Direto.